Após corte de custos, M. Dias Branco se descola de queda do setor de alimentos

Após enfrentar problemas durante a crise – sofrendo com a desvalorização do real e a retração do consumo no Nordeste, seu maior mercado –, a maior fabricante de bolachas e massas do País, a cearense M. Dias Branco, tem sido destaque positivo nos relatórios de investimentos dos bancos. Em tempos de resultados magros, ela tornou-se a favorita dos analistas no setor de alimentos e bebidas.

Com sede em Fortaleza e dona de marcas como Adria e Isabela, a M. Dias conseguiu se descolar do desempenho do setor. No ano passado, o segmento de biscoitos e massas registrou queda de 2,8% no volume de vendas – no mesmo período, a M. Dias Branco avançou 6,1%.

Com um portfólio de massas e bolachas mais simples e sem recheio – justamente as que mais avançaram em tempos de pouco dinheiro disponível no bolso do consumidor –, a companhia acabou levando vantagem sobre as rivais.

Dona de 30% do mercado nacional de bolachas, a M. Dias Branco chega a ter 65% de participação no Nordeste. Para continuar avançando, a empresa tem focado no Sudeste, onde investirá em uma nova fábrica em Minas Gerais.

Fonte: Estadão.com